Uma ação integrada entre a Polícia Federal e a Receita Federal, em conjunto com outros órgãos, apreende pouco mais de meia tonelada de drogas no porto de Vila do Conde, em Barcarena, no nordeste paraense. A apreensão ocorreu durante a “Operação Hórus”, ocasião em que foram apreendidos 507,50 quilos de cloridrato de cocaína que tinham como destino o continente europeu.

Segundo informações da PF, as drogas estavam escondidas dentro de um dos contêineres de manganês, que fazia parte de uma exportação com mais 29 contêineres que seguiam para a cidade de Rotterdam, na Holanda.

Esta foi a segunda apreensão de drogas realizada no mesmo lote de contêineres. A primeira ocorreu no último sábado (23), onde foram flagrados 453,3 quilos de cloridrato de cocaína. Somando as duas apreensões, 960,8 kg dessa substância foram tirados de circulação, quase uma tonelada de drogas.

Os entorpecentes foram apreendidos pela Polícia Federal e um inquérito policial para a apuração da autoria e elucidação dos fatos foi instaurado. Ninguém havia sido preso até a publicação desta matéria. As investigações seguem em andamento.

A Operação Hórus teve início no dia 18 de outubro de 2021 e conta com agentes das polícias Civil e Militar do Estado do Pará, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Receita Federal e Estadual e Secretaria de Meio Ambiente (Semas), além do Grupamento Fluvial de Segurança (Gflu), vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

Fonte: Moju News
Foto: Oimpacto