Em Barcarena, no nordeste do Pará, começou a valer nesta sexta (23) um novo decreto com as medidas de enfrentamento à Covid-19, a partir da mudança de bandeira imposta pelo governo estadual.

Segundo a prefeitura, como a cidade entrou na fase de médio risco de contágio pelo novo coronavírus, está autorizado funcionamento de restaurantes, bares, lanchonetes e estabelecimentos afins até às 00h. A venda de bebidas alcoólicas nas ruas ou conveniências está proibida a partir das 22h.

O decreto também proíbe aglomerações e concentração de pessoas no entorno de sons automotivos nas áreas de orla de praia, postos de combustíveis e espaços públicos das 00h às 6h.

Reuniões de lazer não podem ter mais de 50 pessoas. Cultos, missas e eventos religiosos presenciais são permitidos, desde que tenham apenas 50% da capacidade do local e que seja fornecido material de higienização aos participantes.

As aulas presenciais na rede municipal continuam suspensas. Na rede particular, a orientação é fazer o ensino remoto.

Supermercados e estabelecimentos afins devem funcionar com 50% da capacidade de clientes, manter o controle na entrada, limitando uma pessoa por grupo de família, fornecer material de higienização e garantir o distanciamento social.

O funcionamento nos departamentos públicos vai das 8h às 15h, com exceção das atividades públicas essenciais.

O decreto municipal mantém a obrigatoriedade sobre o uso de máscara em locais públicos e alerta que pode aplicar multas para quem descumprir as normas.

Barcarena registra nesta sexta 9.093 casos de Covid-19 e 177 mortes causadas pela doença.

 

 

Fonte: O Liberal
Foto: Fernando Araújo/ O Liberal