A igreja de São João Batista, em Vila do Conde, Barcarena, comemora nesta quarta-feira (24) 300 anos de existência e se destaca como uma das edificações religiosas mais antigas do estado, embora tenha sofrido modificações em sua estrutura ao longo dos séculos.

O historiador Luiz Guimarães, conhecido no município como professor Leno, confirmou o provável papel dos jesuítas na construção do templo. Ele ressaltou que os carmelitas também tiveram influência na arquitetura. O interior da igreja revela outros detalhes da obra.

Ela foi construída de frente para a baia do Marajó. Mas a erosão em Vila do Conde obrigou a reconstrução da igrejinha de frente para a praça e de costas para o rio. O 24 de junho seria um dia de festa na comunidade. Mas a pandemia mudou os planos.

A paróquia de São José, responsável pela igrejinha de São João, organizou eventos alusivos ao tri centenário. Mas todas as atividades foram suspensas, em razão do pandemia da covid-19, que forçou o isolamento social para evitar aglomerações na cidade.

São João Batista possui arquitetura barroca. Para celebrar a data histórica, o pároco Milton Trindade vai realizar uma live de dentro da igreja, onde vai contar um pouco da história. Participam da live, o professor de história Hélio Santos e um morador da comunidade.

 

 

Fonte: Ascom PMB
Foto: Ascom PMB